VIAJAR ENRIQUECE A VIDA E DURA PARA SEMPRE!

Bem-vindo ao blog da caravana para a Irlanda com a Eddie Van Feu, escritora anarquista e bruxa wiccana. Aqui você curte as dicas para viajar para essa terra mágica e fica por dentro da próxima viagem: ESCÓCIA E IRLANDA 2016! Conheça o roteiro completo AQUI! Para informações gerais ou entrar na mala direta da viagem, mande um e-mail: eddie@eddievanfeu.com.



segunda-feira, 5 de julho de 2010

Escolhendo as malas

E continuamos na nossa contagem regressiva para pegar uma vassoura da Air France e voar para o passado, mas sem estresse! Fiquem CALMOS!!! TODOS! FIQUEM CALMOS AGORAAAA!!! Peraí, preciso beber água...
Bom, hoje vamos falar sobre o tipo de mala para levar. Terei que comprar mais uma, e aconselho, a quem for comprar, procurar aquelas cujas rodinhas andam em todas as direções. A minha mala grande tem isso e é uma mão na roda! Mão na roda!!! Entendeu?? Tudo bem, vamos ao ponto!

Castelo em Limerick. Vamos à Limerick, não sei se passaremos por este castelo.

Se tiver sugestões, compartilhe conosco!


  1. Quantidade: se for viajar acompanhado com pessoas da família, prefira ter uma mala por pessoa, mas divida as roupas de cada viajante entre as malas do grupo. Assim, se uma mala se extraviar ou atrasar, ninguém vai ficar completamente desguarnecido. Se for viajar sozinho, adapte a dica: tente levar uma muda das roupas essenciais na sua bagagem de mão.
  1. Se você tem a felicidade de poder escolher qual mala levar, escolha no tamanho certo para poder levar apenas uma mala por pessoa, com rodinhas e puxador retrátil (“telescópico”) para transporte. A mala ideal é leve, resistente e expansível, ou seja, tem aquele recurso moderno que permite, através de um zíper, desfazer uma dobra e aumentar em 20% a capacidade de carga. Arrume a mala antes da viagem de ida com este zíper fechado, e você terá espaço suficiente na volta para incluir os itens que adquiriu, e para acomodar as roupas sujas, que tendem a ocupar mais espaço. A mala Cygnus, boa candidata: é expansível, tem alça telescópica com 3 estágios, 2 bolsos externos frontais e 1 traseiro, rodinhas, bolsos internos e alça para fixar as roupas.


3. Se for para uma feira de negócios ou outro tipo de evento com grande possibilidade de receber vários catálogos, literatura e brindes, leve dentro da mala uma mochila dobrável e resistente , fácil de comprar em lojas de artigos de viagem, para despachar com segurança os itens adicionais na volta. E sempre leve consigo grandes sacos plásticos resistentes, para separar a roupa suja dentro da mala. Sugiro levar também sacos plásticos para roupas úmidas ou sujas, e para os sapatos. Costumo levar também uma bolsa que aumenta ou diminui de tamanho. Ela é simples e só encontro em camelôs ambulantes. Costuma ser super barata e resistente. Creio que paguei uns 10 ou 15 Reais pelas últimas que encontrei. Esse tipo de bolsa ajuda se você comprar coisas no local (o que sempre acontece). Se você voltar com menos coisas, ela também diminui.

Uma boa bolsinha pra bruxa, né?

4. Sua mala foi produzida em série, e é provável que haja várias iguais a ela em cada esteira de aeroporto e saguão de hotel. Para casos de extravio, identifique-a de forma clara e evidente, por dentro e por fora, com seu telefone, pessoa de contato em casa, nome do hotel em que vai se hospedar e período. Coloque um item de cor vibrante (por exemplo, uma fita, flâmula resistente ou adesivo) amarrado nas alças também, de modo a chamar a atenção na hora certa de alguém que esteja prestes a pegá-la por engano na esteira. Pra isso teremos nossa super ultra fita dos Dragões, encantada e ritualizada para proteger nossas malas! Levo no dia pra todo mundo!
  1. Cadeados de malas não costumam ser resistentes, mas a razão é simples: geralmente o ladrão não leva a mala embora, ele quer abri-la, tirar algo de valor e sair discretamente. Você estará sempre em ambientes com múltiplas malas, então o ladrão irá tender a tentar roubar quem não toma este cuidado básico. Prefira um cadeado de segredo, para evitar o grave dilema entre deixar a chave no hotel (reduzindo a segurança) ou levá-la consigo (e correr o risco de perder). Mas escolha um segredo que você não vá esquecer, e não seja 1234 e nem 9999! Se você for comprar mala em alguma loja, peça cadeados de brinde para o vendedor. Se sua compra for boa, ele dará. Nunca comprei um cadeado, ganho todos.
  1. Por falar em segurança, marcas especializadas em acessórios de viagens, como a Primícia, vendem barato cintas especiais para levar dinheiro e documentos. As mais interessantes lembram uma pochete fina, mas devem naturalmente ser usadas por dentro da roupa. Dessa eu não sabia!
  2. Tenha também consigo uma cópia dos documentos essenciais: passagens (se for o caso), passaporte, identidade, lista de contatos e algum dinheiro em espécie (na moeda local) armazenados com segurança e longe dos originais e demais valores, para o início das providências em caso de imprevistos mais sérios. Boa dica. Também não sabia. Sugiro acrescentar a lista de cartões que você está levando e seus respectivos números, assim como telefones, caso você precise entrar em contato com a administradora no Brasil.
  3. Se for viajar longos trechos de avião ou de trem, vale a pena (após cuidar da segurança) ter uma daquelas máscaras de dormir (tem para vender em toda loja de artigos de viagem) e tampões de ouvido, além de um suprimento de chicletes para lidar com as alterações de pressão na cabine do avião. Meu kit de sobrevivência contra ronco alheio é meu MP3, que já tá velhinho e meio quebrado, mas ajuda muito na hora de dormir. Máscaras são ótimas, especialmente as com cheirinho de ervas. Você encontra em qualquer Mundo Verde.
  4. Frasqueira não é (só) coisa de frutinha! Você deve precisar levar pasta de dente, remédios, possivelmente um shampoo ou outros produtos de higiene. Escolha uma frasqueira “chata” para aproveitar melhor o espaço, e tão rígida quanto possível – tudo o que você NÃO deseja é que o shampoo ou a pasta de dente vazem por causa da pressão interna da mala. Se não tiver uma à mão, um bom tupperware pode substituir, mas vede bem. Já foi comum sugerir que a frasqueira viaje na bagagem de mão, mas com a paranóia crescente no transporte aéreo, colocar na bagagem (no ALTO da mala, e não nos bolsos externos) é a melhor opção. Se você for paranóico ou previdente, pode optar por colocar os frascos de líquidos dentro de plásticos vedados com elásticos, para reduzir ainda mais o risco de um vazamento atingir suas roupas. Isso eu já sugeri no outro post. Quanto às frasqueiras, elas são lindas, mas meio pesadas sozinhas. São interessantes se você quer levar maquiagem pra desfilar em milão e jóias pra entrega no Nobel. Fora isso, você se vira bem com outras opções que cabem na mala.
  5. Para a bagagem de mão prefira uma mochila pequena, mas espaçosa e resistente, com vários compartimentos. A mochila ideal para notebooks também é excelente para levar bagagem de mão, e se converte em “day pack” durante a viagem. Se couber, leve na mochila uma garrafinha com água e algumas barras de cereal que resistam bem ao calor – quantas vezes em viagens você já se viu com sede ou fome e sabendo que teria de aguardar algumas horas até chegar a algum lugar onde haja lanches? Se você tiver um daqueles travesseiros infláveis que se ajustam ao redor do pescoço, leve sempre consigo também, e repouse no ônibus, trem, avião ou mesmo no banco de trás do carro com muito mais conforto. Em vôos domésticos é permitido levar bolsa de mão, maleta ou equipamento com peso máximo de 5 kg e com dimensões (soma de altura+largura+profundidade) de até 115 cm. A bagagem deve caber embaixo do assento ou nos compartimentos acima das poltronas e não podem incomodar os demais passageiros, nem ameaçar a segurança do vôo. Eu costumo levar minha mochila do Dell. O Dell (meu querido e amado notebook presente do Renato) pesa sozinho cerca de cinco quilos, então acho que o peso permitido na bagagem de mão é variável. Justamente por ir de mochila, eu costumo esquecer bolsas pequenas para passeios, daquelas que só cabem o essencial, então vale lembrar isso. Atualmente, tem uma linha da Animob à venda nas papelarias (isso mesmo, papelarias), que tem bolsinhas para todo tipo de cacareco. São baratinhas e muito bonitas. Vale dar uma olhada.

Deixo vocês hoje com mais uma sequência de fotos maravilhosas da Irlanda. Veja como as pessoas que fotografam se sentem encantadas pelo que vêem!




Um comentário:

  1. Ver essas cenas, me transmitiu uma paz muito grande,me vi andando naquela estrada e também entre as ruinas. Afinal tudo é maravilhoso o bom seria poder estar lá.Parabéns!!!!!
    Bjs! Lucilena

    ResponderExcluir